poeminhas, tex(perimen)tos

(para JM)

Quando você me fez pokémon, aquela
mordida de brownie rasgou
o pneu.

A ladeira do seu nariz deslocada
7 infinitos de milímetro, mais um Gol
da alemanha. Na verdade, é uma raposa
preta.

(Medo de soltar o freio
da sua mão com o da minha
língua.)

Nossos cadáveres sangrando
sêmen. Quantas pintinhas
fluorescentes no paralelepípedo.

Advertisements
Standard